divagares

Junho 28 2015

As Raposas - 0.jpg

As Raposas, de Lillian Hellman. Uma produção do Teatro Aberto. Fui ver hoje à tarde. É interessante assistir a um espectáculo, com uma sala cheia de público. Sempre esse facto me interessou. Fico desolado quando estou numa sala com "meia dúzia de gatos" a assistir.. Seja Teatro, seja Cinema, seja Música. Isso incomoda-me. E a sala cheia é, seguramente, reconfortante para os actores, para os técnicos, para o encenador. Para todos os obreiros de uma realização artística.

As Raposas (peça de 1939 com tensão e humor subtil em perfeito equilíbrio), para além de uma trama bem urdida pela autora e perfeitamente adaptada para o nosso tempo, conta com interpretações competentes. Cada interveniente em palco mostra desenvoltura, quer nos movimentos quer nas falas, com  momentos altos de representação. Uma cenografia bela, de um vermelho e de um negro espantosos, em que que a paisagem verde e a chuva, no exterior, sublinham a dominante vermelho negro.

Foi uma récita magnífica. Parabéns Teatro Aberto.

As Raposas.jpeg

 

publicado por divagares às 21:34

mais sobre mim
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
18


29


pesquisar
 
blogs SAPO