divagares

Abril 25 2015

Cravo.jpg

Acordei em Abril num dia novo

Em que a ditadura foi aprisionada 

Vi armas de guerra, soldados e povo
Vi a liberdade ser anunciada.
Vi braços erguidos em comemoração
Vi Portugal livre como eu queria
Vi abrir as portas da tortuosa prisão
Prisioneiros libertos a chorar de alegria.
Uma gota de sangue não foi derramada
Uma revolução pelos cravos marcada
Que as forças armadas ao país oferecia
Vi cantar vitória um povo unido
Povo em liberdade não será vencido

Nunca esquecerei esse histórico dia

Não pedi autorização à autora para publicar, mas a Adelaide Simões Rosa, decerto estará de acordo.

publicado por divagares às 10:46

mais sobre mim
Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18

20



pesquisar
 
blogs SAPO