divagares

Agosto 12 2017

E

virão correndo

cavalgando, cavalgando

cavalos azuis negros e cinzentos

cavalos esquecidos

cavalos de todos os séculos

virão

a arrasar o que virem

tudo

homens mulheres e crianças 

e burros e raposas e cães e gatos

Virão e virão

mais e mais cavalos

e ninguém os poderá deter

nem bombas atómicas

nem gases nem química nem vírus

serão os cavalos mais fortes que existirão

cavalos que recordam todas

as injustiças cometidas e por cometer

e o homem perguntará

porquê no meu tempo

porquê em minha casa

porquê a minha família e os meus filhos

e ninguém saberá responder

os cavalos azuis, os cavalos celestes

esses serão os piores

destruirão imóveis de 200 andares

destruirão tanques e aviões

soprando sobre eles

e o presidente procurará acalmar

e os especialistas analisarão

e os televisores falarão

mas nada ajudará

virão mais e mais cavalos

de lado nenhum

cavalos que surgem de repente

defronte a pessoas caminhando pelas ruas

e tu, na cama, olharás para mim

desesperada, esperando o meu resgate

olhar-te.ei e logo me

transformarei num

cavalo vermelho

 

Moshe Benarroch

avião.jpg

 

publicado por divagares às 17:59

mais sobre mim
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
17
18

21
24
25
26

27
28
29
31


pesquisar
 
blogs SAPO