divagares

Setembro 20 2015

digitalizar0005.jpg

Aos oitenta e seis anos, lançou-se Custódio Pinto no empreendimento que foi publicar um livro - Histórias e Memórias da Minha Vida Crónicas de Setúbal. E, muito justamente recebeu a medalha da cidade no último 15 de Setembro.

O livro foi apresentado ontem no salão nobre dos Paços do Concelho, repleto de amigos, admiradores e familiares. Este Homem é uma enciclopédia viva. É um setubalense fervoroso. Fala e escreve sobre Setúbal partindo do conhecimento vivido, acumulado e reflectido. Sou por isso um seu admirador.

Não faço parte do seu círculo de relações, apenas conheço (e leio) o Custódio Pinto. Ambos partilhamos muitos passeios pedestres organizados pelo Clube de Campismo, os primeiros já lá vão trinta anos. Falámos esporadicamente no decorrer desses passeios e percebi tratar-se de um Homem extremamente interessante e de uma vasta cultura. As suas histórias e memórias e crónicas lêem-se com satisfação e transportam-nos numa viagem pela nossa cidade ao longo de praticamente todo o século XX.

Parabéns Custódio Pinto, pelo trabalho realizado (e a realizar) e pelo legado que é imprescindível para o conhecimento e estudo da nossa cidade. Um dia destes, terá de autografar o exemplar do seu livro que é pertença minha.

 

publicado por divagares às 11:54

mais sobre mim
Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17

22
23
24
25

27
29


pesquisar
 
blogs SAPO