divagares

Julho 17 2016

Hoquei, vencedores.jpg

As últimas duas semanas, para os desportistas portugueses, têm sido férteis em vitórias. Depois do Futebol e do atletismo, ontem foi a vez do Hóquei, sagrando-se a Selecção Portuguesa campeã europeia. Foi assim uma espécie de "não há fome que não dê em fartura". Até já foram feitos estudos acerca das consequências positivas para o estado de espírito das portuguesas e dos portugueses. Estudos esses que valem o que valem. Na verdade, estes resultados não levam pão à mesa dos nossos concidadãos carenciados; não dão emprego às centenas de desempregados,; não provocam aumento dos baixos rendimentos dos trabalhadores e dos reformados e pensionistas, etc... Não obstante, não quero ser um "velho do Restelo". Também rejubilo com os feitos dos atletas que vestem as cores nacionais. Que uma consequência destas vitórias seja o repensar das políticas de ensino e incentivo da prática desportiva multidisciplinar, de modo que o desporto não seja afunilado em uma modalidade, ela mesma nas mãos de autênticas máfias. E, também seria óptimo  aproveitar esta onda de alegria para ser feita pedagogia, e, dessa forma  reforçarem-se os sentimentos patrióticos, esconrujando o patrioteirismo...

publicado por divagares às 10:39

mais sobre mim
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

18
19
20
22
23

26
27
29
30

31


pesquisar
 
blogs SAPO