divagares

Agosto 18 2014

Laranjais de Andaluzia

essências de primavera

em trinados de harmonia

um rouxinol vai cantando

um Poema del Cante Jondo

um rouxinol vai pondo

na copa dos laranjais

na terna face da lua

acordes celestiais

enquanto a noite flutua

cobre o sonho dos mortais.

 

Um sonho de primavera

que o rouxinol vai cantando...

Mas a lua se escondera

e a noite vem avançando

com armas de mira acesa...

 

Um tiro vem de surpresa

o rouxinol já não canta.

Mataram a natureza

Assassinaram os sonhos

somente fica a tristeza...

 

E ficam ecos medonhos!

 

João Marcos

publicado por divagares às 10:11

mais sobre mim
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
16

19
22

24
27

31


pesquisar
 
blogs SAPO