divagares

Setembro 19 2014

 

 

O monumento às nacionalizações (de António Trindade, Virgílio Comingues e Rodrigo Otero) implantado na Praça de Portugal (STB) construído pelos operários da Setenave, foi já aqui mostrado noutra ocasião. A presença de Setúbal na Festa do Avante deste ano, bem conseguida, teve como elemento principal esse monumento mostrado de forma desconstruída em que o quadrado azul se impunha com toda a sua força simbólica.
Alinhavei estas considerações depois de ler um texto de Manuel Augusto Araújo, publicado no Praça do Bocage. Partilho da indignação de MAA, quer no tocante à malévola plantação das palmeiras quer agora com a colocação de uma estrutura metálica de grandes dimensões, do MRPP, que oculta o monumento a quem chega à praça de Portugal vindo da principal entrada (norte) na cidade. A uma aberração seguiu-se outra.
publicado por divagares às 22:06

mais sobre mim
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14

21
25
27



pesquisar
 
blogs SAPO