divagares

Dezembro 29 2016

Volta ao palco do Teatro Municipal Joaquim Benite, Almada, de 13 a 29 de Janeiro.

 

Noite da liberdade baseia-se nos confrontos ocorridos em 1930 na cidade de Murnau, na Baviera, que opuseram os defensores da República alemã aos nacional-socialistas. A acção desenrola-se em torno da taberna do senhor Josef Lehninger, que aluga a sua chafarica, à tarde, aos fascistas para que celebrem o Dia Alemão, e, à noite, aos republicanos, para os festejos da Noite Italiana. Horváth descreve a forma como, na Alemanha de Weimar, os sociais-democratas não foram capazes de travar o avanço do nacional-socialismo. Se na peça Em direcção aos céus (estreada pela CTA em 2013) a denúncia da escalada da “besta negra” é feita nos moldes de “uma história de encantar”, desta vez o Autor de Casimiro e Carolina denuncia abertamente a passividade de uma sociedade que não conseguiu evitar uma das mais trágicas catástrofes da Humanidade.

 

Intérpretes Adriano Carvalho, André Pardal, Carlos Fartura, Duarte Guimarães, Guilherme Filipe, João Farraia, João Tempera, Maria Frade, Maria João Falcão, Marques D’Arede, Miguel Sopas, Pedro Walter e Tânia Guerreiro, com a participação especial de Io Appolloni, dos estagiários Joana Castanheira, João Lisboa, Gabriela Lobato, Ruben Alex, Sileita Varela e Sofia Gonçalves e das amigas Dorinda Castro, Lucie Graux e Margot Viala

Cenografia Jean-Guy Lecat
Figurinos Ana Paula Rocha
Movimento Francesca Bertozzi
Assistente de encenação João Farraia
Luz Guilherme Frazão
Som Miguel Laureano
Tradução Elena Probst e Rodrigo Francisco

 

 

 

publicado por divagares às 00:59

mais sobre mim
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO