divagares

Novembro 28 2014

Não canto por bem cantar

Nem por boa fala ter

Canto para espalhar

As penas do meu viver

 

É assim. O Cante, geralmente está associado aos velhadas. Não foge à realidade. Foram esses Homens calejados pela dureza do trabalho que o mantiveram vivo, pesem embora as alterações que se operaram na nossa sociedade, desde logo pela mecanização da agricultura, mas depois pela destruição da agricultura, do tecido produtivo. A força de um Povo tem muita força. As novas gerações afirmam a sua determinação em manter as tradições. É esse o exemplo destes jovens. Contam com o empenho do Poder Local democrático que desenvolve um trabalho de base, nomeadamente nas escolas. O Cante está de boa saúde e recomenda-se.

 

 

publicado por divagares às 12:03

mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

16
17
18


30


pesquisar
 
blogs SAPO