divagares

Março 17 2015

Era uma vez um país tão perto no espaço e no tempo que nos basta nada fazer para lá irmos parar.

Esse país não vem no mapa, a sua geografia habita nas memórias e cicatrizes de um povo artesão especialista em fundir o mito com a realidade.

Nesse país há um homem que impõe a sua vontade e governa acima de todos os outros, será que um só homem consegue manter o poder sobre 10 milhões de almas?

Texto de Natália Correia apreendido pela PIDE e nunca, até ao momento representado por nenhuma companhia profissional. Texto, esse, que em 2015 perfaz 50 anos da sua primeira e única publicação.

Assinala-se, assim tal data com a publicação do referido texto, prefaciado por Fernando Nascimento Rosa e com nota introdutória de Fernando Dacosta, personalidades estudiosas da obra de Natália Correia.

(Extraído do programa Janeiro-Abril do Fórum Luísa Todi)

Numa produção do Teatro Estúdio Fontenova, estará em cena no Fórum Municipal Luísa Todi em 20, 21 e 22 de Março.

 

publicado por divagares às 11:50

mais sobre mim
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14


22
24
28

30


pesquisar
 
blogs SAPO