divagares

Setembro 02 2014

 

 

Mira Amaral. Foi ministro dos governos de Aníbal Cavaco Silva. Após sair do governo foi "colocado" como administrador da CGD, onde permaneceu 18 (DEZOITO) meses e loguinho a seguir, apesar de contar apenas 56 anos, teve direito a passar à reforma, com 18.156 euros, que a CGD lhe paga desde 2004. E, estes "trocos" acumula-os com o salário e mordomias que aufere do banco, BIC, onde está actualmente.

É esse mesmo. Um que aparece frequentemente nos ecrãs das televisões a perorar e a lançar "gafanhotos" pela boca quando clama contra os direitos dos trabalhadores e dos reformados e pensionistas...

publicado por divagares às 11:35

mais sobre mim
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14

21
25
27



pesquisar
 
blogs SAPO