divagares

Julho 11 2017

Tem a palavra Jorge Beinstein (argentino, teórico das ciências económicas):

"As reservas petrolíferas do império esgotam-se e também a paciência de Washington, o império está a perder a sua grande guerra asiática e com isso a sua ilusão de controlar a maior parte das reservas de gás e petróleo. Consequentemente, a reconquista da Venezuela passa a estar no primeiro nível das suas prioridades. Além disso, este projecto faz parte da estratégia de recolonização da América Latina, rectaguarda histórica do império a que a derrota na Ásia atribui excepcional importância."

Agora, tenho eu a palavra: Há muito que os governantes da Venezuela bolivariana deram mostras de incapacidade para darem um sentido de transformação revolucionária ao processo iniciado já lá vai muito mais de uma dezena de anos. Gritar "socialismo cristiano" não conduziu  a resultado algum. Foram deixando germinar as condições adequadas para o eclodir da violência e a descarada ingerência imperialista. Receio bem que tenham conduzido a experiência a uma beco sem saída. Contudo, o Povo venezuelano tem a minha solidariedade.

venezuela-1460595_960_720.jpg

 

 

publicado por divagares às 17:32

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

17
18
19
21
22

24
25
28
29



pesquisar
 
blogs SAPO