divagares

Fevereiro 06 2015

TTIP: Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento. É uma trama de que se fala por aí, já há algum tempo. É mais uma "associação" cuja função é servir e defender os interesses dos grandes grupos económicos americanos e europeus e a passar por cima de direitos civilizacionais conquistados pelos povos. Mas, isto só se concretizará se os povos deixarem!

Veja-se o alcance do tal Acordo de Parceria Transatlântica: A senhora Hillary Clinton classifica-o como a "NATO económica". Ela,que pertence à nomenclatura do império, sabe do que está a falar. E, ela defende, claro está, estes acordos.

 

O TTIP comporta evidentes ameaças ao emprego. A intenção passa por forçar uma corrida ao fundo no plano dos direitos, salários e condições de trabalho. Sublinhe-se que os EUA se recusaram a ratificar importantes convenções da Organização Internacional do Trabalho, relativas a normas laborais básicas, incluindo sobre a contratação colectiva. A mesma que está agora debaixo de fogo na UE.

O TTIP comporta graves ameaças no plano ambiental, da segurança alimentar e da saúde pública. Uma das possíveis "barreiras desnecessárias" ao comércio entre os EUA e a UE será a legislação europeia relativamente mais restritiva (ainda que, nalguns domínios, já hoje excessivamente permissiva)  em domínios como o cultivo e comercialização e organismos geneticamente modificados; o uso de diversos produtos químicos, pesticidas, disruptores endócrinos (substâncias que afectam o sistema hormonal humano); o uso de hormonas de crescimento nos bovinos e de compostos clorados nas aves, entre mitos outros exemplos.

(...) Alarga-se a percepção de que perante esta autêntica aliança contra os povos, perante esta sórdida tentativa de imposição de uma ditadura supranacional das multinacionais; perante este rolo compressor da soberania dos povos que procura esmagar direitos sociais e laborais, normas de protecção da saúde e da Natureza, para aumentar a exploração e  acumulação capitalistas - a luta é o caminho. Os povos terão a última palavra.

A transcrição integra o texto de João Ferreira, publicado ontem no jornal Avante!

publicado por divagares às 11:35

mais sobre mim
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
18



pesquisar
 
blogs SAPO