Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

divagares

divagares

27
Jan12

O admirável mundo do cérebro humano!

divagares

Não por acaso, o homem tem, através dos tempos revelado um enorme fascínio pelo cérebro humano. E interesse pelo seu estudo - génios como João Sebastião Bach, Joseph Haidn, Lorde Byron, Anatol France, Einstein e mesmo criminosos como Diogo Alves e Matos Lobo, foram alvo desse interesse. Temos o privilégio de viver o tempo da neurociência. Os conhecimentos acumulados pela comunidade científica atingiram já um  patamar muito elevado - como há zonas especializadas, como o todo interage, como funcionam as conexões neuronais, como o tamanho não é condição para se ser génio. A imagiologia deu um contributo inestimável - através dela é hoje possível estudar e perceber o cérebro da pessoa viva. A descoberta da plasticidade do cérebro - a sua capacidade de reaprender funções numa outra zona, depois de um acidente - foi um passo de gigantes. A solidez dos progressos no domínio da neurociência traduzem-se indiscutivelmente num benefício incomensurável para a humanidade - um dos benefícios do progresso ciêntifico consiste em permitir-nos planear acções inteligentes que podem aliviar o sofrimento. A ciência pode ser combinada com o melhor de uma tradição humanista para permitir uma nova abordagem dos problemas humanos e levar ao florescimento da humanidade, palavras de António Damásio.


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D