Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

divagares

divagares

26
Fev12

A Mãe, de Máximo Gorki e o engano do Zeca Afonso

divagares

 

No passado dia 23, um pouco por todo o lado (tb por aqui passou o Zeca) foram assinalados os 25 anos da morte do Zeca Afonso. Que continua presente entre nós!

Pessoalmente, convivi de perto com o Zeca, tivemos um trato mutuamente cordial, tínhamos amigos comuns. Não tenho dúvidas que o Zeca tomou conhecimento da minha condição de membro do PCP, muito antes de ter sido incumbido de o abordar sobre uma questão a que respondeu ir pensar no assunto, mas que o 25 de Abril , felizmente, tornou desnecessária a resposta.

Certa ocasião, junto de amigos comuns, fez um comentário curioso, referindo-se a mim: o gajo leu A Mãe e tornou-se comunista. O JL, na altura tb membro do Partido, um pouco divertido, não resistiu a contar-me o episódio. Acontece que, apesar de ter conhecimento da carga política da obra referida, de, na altura possuir um exemplar do livro (que acabei por oferecer a um amigo) na verdade, eu não o tinha lido. Mais, passados 41 ou 42 anos Continuo a não ter lido A Mãe! O que constitui uma lacuna imperdoável. Ocorreu-me este episódio ao seleccionar os próximos livros que irei ler, sendo um deles A Mãe, um outro exemplar comprado há já alguns anos, mas que tem sido sucessivamente preterido por outras escolhas.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D