Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

divagares

divagares

14
Fev12

E vão 120.00 euros por exemplar...

divagares

Afinal foi o povo que viveu nestes tempos pp acima das possibilidades, ou é o (des)governo actual que funciona acima das possibilidades do país?

Um bom exemplo para reflexão, e indignação, é a acção da porra destes ministros, com luxos como o que veio hoje a público, da porra do senhor Relvas ter gasto 120,00 euros em cada exemplar do programa do (des)governo, coisa que se não viu nem no tempo das vacas gordas!

07
Fev12

Tragédia no Mercado do Livramento

divagares

Cinco trabalhadores perderam a vida, hoje, nas obras de remodelação/ampliação do Mercado do Livramento, em Setúbal. Mais que tudo, esta é uma perda irreparável.

Lamentavelmente, algo não foi prevenido.

As obras de beneficiação deste lindíssimo edifício, ficam desta forma tristemente marcadas.

A enorme parede que ruiu comportava um gigantesco painel de azulejos, que estava protegido, para voltar a brilhar após a conclusão das obras. Perdeu-se! Do ponto de vista do património artístico a cidade de Setúbal fica mais pobre.

 

03
Fev12

A propósito do Cântico dos Cânticos

divagares

O poema que anteriormente transcrevi - Cântico dos Cânticos - faz parte da Bíblia, Antigo Testamento. A sua autoria é "oficialmente" atribuída a Salomão, autoria essa posta em dúvida por muitos investigadores e contestada por outros, que atribuem o poema à tradição popular, então perdido no tempo, e que os autores (escribas contratados pela poderosa casa de David para escreverem os textos que constituem o Antigo Testamento) resolveram recuperar e incluir na sua obra. O desejo de agradar a quem lhes pagou não é alheio ao que escreveram...

É sem dúvida um belissimo poema erótico. Belo, Audacioso, atrevido - onde se diz: Seu corpo é marfim lavrado, recoberto de safiras, há quem traduza: Seu membro é marfim lavrado, recoberto de safiras - que, certamente, ainda hoje deixa muita gente desconcertada.

03
Fev12

Cântico dos Cânticos

divagares
O meu amado é branco e corado,inconfundível entre milhares:

Sua cabeça é ouro puro,a cabeleira é como leques de palmeira,é negra
como o corvo.

Seus olhos são pombos,junto aos cursos de água,banhando-se em
leite,detendo-se no remanso.

Suas faces são canteiros de bálsamos, tufos de ervas aromáticas.Seus
lábios são como lírios,a destilar um fluido de mirra.

Suas mãos são braceletes de ouro,guarnecidas com pedras de Társis.Seu
corpo é marfim lavrado,recoberto de safiras.

Suas pernas são colunas de alabastro,assentadas em bases de ouro.Seu
aspecto, como o Líbano, airoso como os cedros.

Sua boca é só doçura; todo ele, pura delícia.Tal é o meu amado, assim
é o meu amigo,
ó filhas de Jerusalém.

Do cântico IV do Cântico do Cânticos, do Antigo Testamento.

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D