Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

divagares

divagares

06
Mar15

Lugar de Mulher é... é onde ela quiser!!!

divagares

lugar de mulher.jpg

 

O Bloco Comuna que Pariu apresentou no carnaval do Rio de Janeiro, deste ano, o enredo Lugar de Mulher é... é onde ela quiser!

Eu fui bebê num berço Rosa chá
Depois boneca pra criar
Se eu brincava de chuveirinho no xixi
Já me diziam ‘tira a mão daí’
‘Palavrão é feio’
‘Isso não são modos’
‘Passa a faca nos pentelhos’
‘Cruza essa perna logo’
Antes dos treze me passaram a mão
Se fiquei quieta, a culpa é da opressão

 

Sou santa, sou puta, sou filha da luta
Machismo é porrada e piada sutil
Lugar de mulher é… é onde ela quiser!
E no Comuna Que Pariu!

Lembra daquele Carnaval no Soviet
Bloco na rua, nossa greve em 17
Tinta vermelha e lilás na nossa cara
Somos Anita, Rosa, Olga e Clara…
Satanás e bruxas, abortando o capital
Camaradas, nossa luta é Internacional

A Maluca canta alto!
Liberdade é o que se quer!
No Comuna samba homem com homem
Também mulher com mulher

Para escutar, clicar em:

https://soundcloud.com/comunaquepariu/comuna-que-pariu-2015-lugar-de-mulher-e-e-onde-ela-quiser

05
Mar15

A arte de Margarida Tengarrinha

divagares

Margarida Tengarrinha.jpg

Obras de arte que tenham a árvore como elemento principal sempre me fascinaram. Margarida Tengarrinha é a autora deste tronco fantástico que sugere tantas leituras. Um prazer à vista e aos sentidos. Que Obra teria a M.T. produzido se não tivesse, corajosamente, optado quando jovem dedicar toda a sua vida à militância, primeiro contra a ditadura e depois na construção do Portugal democrático...

04
Mar15

A última mamada

divagares

a última mamada.jpg

Trata-se de uma das mais recentes obras da genial Paula Rego e esteve patente na sua última exposição em Londres. A Última mamada foi criada logo após a extinção da Fundação Paula Rego que estava instalada em Cascais na Casa das Histórias. Representa um palhaço rico (muito parecido com uma "eminente" figura pública portuguesa) a mamar na teta de uma figura feminina que representará alguém importante, certamente. A Pátria? Não sei quem seja. Mas que há muitos mamões neste país, lá isso há.

03
Mar15

Este Ofício de poeta (III)

divagares

I

Pega na palavra pedra

arrancada à rocha

rouca de garganta

 

e tritura sem pressa

a ganga com do dentes

 

até que fique só no canto

coral da boca

o sonoro seixo de cristal

 

II

 Talha a pedra da palavra

fúria com mestra

 

até que seja gume e corte

dum só grito ou golpe

 

a veia devida

no pescoço da morte.

 

III

Arrancada à unha a pedra

da calçada

para a certeira palavra

pedrada:

 

Pois pedra jogada

com gana mata

e se se trata

dum caso agudo

vale tudo.

 

IV

Pedra a pedra pões

palavra sobre palavra

e o poema cresceu

dos caboucos ao céu:

 

Repara que

lá dentro habita

um coração de pedra

humana que palpita.

 

Carlos Aboim Inglez

02
Mar15

O calote do Passos Coelho

divagares

PPC.jpg

Durante cinco anos este "cidadão exemplar", que por acaso é primeiro ministro (ou comissário da Srª. Merkel?) não pagou os impostos à segurança social.  Essa mesma segurança social que ele mais o seu governo, frequentemente vão dizendo não ter sustentabilidade. O Passos Coelho justifica que não pagou porque não foi notificado (desde quando é preciso notificação?) e o Mota Soares, qual boneco articulado, não tem mais nada para dizer que: O Passos Coelho foi vítima de um erro da segurança social! É gente desta que governa o país! Cavaco Silva, por enquanto, parece não ter dito nada. Mas estou curioso.

Em suma. o cidadão Pedro Passos Coelho não reúne condições para exercer um cargo público e muito menos de primeiro ministro!

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub