Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

divagares

divagares

09
Mar16

Mariana Torres, operária conserveira setubalense

divagares

Busto_Mariana_Torres.jpg

Ontem, dia 8 de Março, que como todos sabemos é o Dia Internacional da Mulher, a cidade de Setúbal homenageou Mariana Torres (e, através dela todas as Mulheres setubalenses) assassinada em 1911 no decurso de uma greve, a mando das autoridades republicanas que, com o recurso às armas, da GNR e dos militares, tentavam travar a luta das operárias conserveiras em defesa dos seus direitos. Foi muito oportuna esta homenagem evocação. Só não compreendo o porquê de no busto a Mariana Torres ter os olhos vendados. A Mariana foi assassinada a tiro (e com ela um seu camarada). Olhos vendados é costume acontecer quando uma pessoa é fuzilada. Não foi o caso da Mariana Torres e do jovem servente conserveiro. Onde raio foi o autor, Jorge Pé Curto, inspirar-se para esta solução de Mulher vendada?

No caso de Mariana Torres, vale a pena ter presente quem é quem e que lugar ocupa cada um (uma), quando se trata de interesses de classe. Duas figuras de Setúbal, muito glorificadas por terem perfilhado os ideais republicanos - Paulino de Oliveira e sua mulher Ana Castro Osório, na sua qualidade de proprietários da indústria conserveira, tiveram uma postura claramente reaccionária. Não ficaram com as mãos limpas de sangue. É a luta de classes... Sobre isto são os historiadores quem tem o dever de falar e esclarecer. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub